quinta-feira, maio 28, 2009

1979: o ano do Motörhead

Quando foi demitido do Hawkwind, em 1975, Ian Fraser Kilmister, o Lemmy, estava com 29 anos. Após quatro discos com o grupo, foi preso no Canadá por porte de drogas e expulso da banda.

Em 1977, Lemmy gravou o primeiro disco do Motörhead, seu novo projeto, formado em Londres, Inglaterra. O álbum não causou muito impacto, apesar de já trazer o som cru e sem firulas do grupo, que hoje é consagrado.

Jimmy Miller, produtor dos Stones, foi contratado para produzir o segundo disco do Motörhead, em 1979. Overkill é considerado por muitos o melhor trabalho da banda, melhor até que Ace of Spades, lançado um ano depois. As músicas são rápidas e agressivas, misturam o peso do heavy metal com a diversão do rock and roll.

Meses depois saiu Bomber. Jimmy Miller novamente comandou a produção. O disco não possui tantos hits como no álbum anterior, mas a banda estava mais entrosada do que nunca.

A formação clássica que gravou Overkill e Bomber era composta pelo guitarrista Eddie 'Fast' Clark, responsável pelos riffs e solos que davam a pegada rock and roll do grupo, e o baterista Philip 'Animal' Taylor. Lemmy completava o trio, com o seu baixo forte e a voz inconfundível.

1979 foi um ano muito especial para o Motörhead e para o rock, com o lançamento destes discos que são indispensáveis na coleção de todos os fãs de heavy metal. Ouça Stay Clean, do Overkill, e Stone Dead Forever, do Bomber. Aprecie sem moderação.



10 comentários:

Thomaz disse...

expulsaram o cara por porte de drogas?? tsc tsc..

Ramiro Catelan disse...

Essa banda não me desce - sério! Mas a matéria está bem escrita, como sempre. A banda Hawkwind é a mesma de "Welcome to the future" e "Master of the universe"?

Abraço!

Guttwein disse...

A única coisa que pesa contra o vocalista no Motorhead ( e muito ao meu ver) é o quipá que ele usa as escondidas! ¬¬

Júnior disse...

Grande garoto!
Belo post, Motorhead é do caralho.
Viva o novo player. \õ/
Agora consigo ouvir as músicas...

Abraços.

Anônimo disse...

euhehueuh
É, muito bom o novo player!
Tá muito melhor o blog, de cara nova, parabéns primo!
Mas Motorhead não me faz cabeça não.

;D

Abraço

Jef disse...

é uma banda que eu conheço pouco, nunca me interessou muito, mais vou catar os albums pra dar uma olhada com calma, e mil x melhor esse novo player hehe

cabelo disse...

eiá. que paulada esses sons. adrenalizante

Fumaça disse...

Grande garoto, como sempre postando sonseiras. Parabéns pelo site. Continue firme no projeto que logo tu decolas.
Abraços

Alexandre Campos disse...

Fala Daniel, novo player, novo endereço, boas máterias = evolução!
È isso ai, bota para queber
Parabéns

Frank Kair disse...

Isso aííí! Esse novo player é coisa de outro mundo! HAHAHAHA

Bela matéria, como sempre! Motörhead sempre me despertou interesse por causa desse jeito jogadão e moleque da banda, sem contar a influência deles nas bandas dos anos 80, tais como Metallica. Não é uma das minhas favoritas, mas mesmo assim THEY ARE MOTÖRHEAD, BORN TO KICK YOUR ASS!

Haha, abração Daniel!