terça-feira, abril 14, 2009

A primeira banda de Marky Ramone

Se tem uma coisa que me encanta no rock and roll é a quantidade de bandas incríveis que não chegam a saborear o sucesso. O Dust é apenas mais um exemplo.

Formado em Nova Iorque no final dos anos 60 pelo guitarrista e vocalista Richie Wise, o grupo tinha os jovens Kenny Aaronson (baixo) e Marc Bell (bateria).

Nos dois anos em que estiveram na ativa, lançaram dois discos: Dust (1971) e Hard Attack (foto, 1972). O primeiro, visceral, psicodélico e com toques de blues. O segundo, também pesadíssimo, só que mais polido, com baladas e flertes com a música country.

O grande destaque do Dust é a performance dos seus integrantes. Richie Wise, além de arrepiar na guitarra e nos brindar com lindos acordes ao violão, canta demais. Kenny Aaronson não se limita em apenas marcar o ritmo, seu baixo é alto e pulsante, assim como Marc Bell, que espanca a bateria sem dó nem piedade. Tudo isso é ressaltado por uma produção cristalina que deixa o talento dos músicos ainda mais em evidência.

A banda acabou e cada um seguiu o seu rumo. Richie Wise tornou-se produtor musical, tendo trabalhado para o Kiss. Kenny Aaronson excursionou com o Billy Idol, Bob Dylan, entre outros. Marc Bell conseguiu o que os outros dois sempre desejaram: ser famoso. Entrou para o Ramones em 1978 e mudou o seu nome para Marky Ramone. O resto é história...

Ouça Pull Away/So Many Times, do disco Hard Attack, de 1972.

11 comentários:

Daniel Schmidt Iahn disse...

sonzeira mesmo!
e essa capa matou a pau

streeto disse...

Qualquer disco que tenha na capa bárbaros com machados nas mãos é digno de ser ouvido.

baketa disse...

gostei da capa

cabelo disse...

sonzeira fudida daniel. só rareza.

Flunders disse...

Não é a minha praia mesmo haoah.
E é fato, muitas bandas extremamente boas que nunca chegam a obter o respeito merecido

Blog and Roll disse...

Que sonzeira!!! Eu não conhecia a primeira banda do batera dos Ramones.

Parabéns pelo ótimo nível dos posts,
Abraço!

Eduardo Nunes disse...

Bela dica, Daniel. Não conhecia.

Bem melhor que Ramones, na minha opinião.

Matox disse...

Po, bem legal mesmo esse som do Dust.

Sobre o batera ter ficado famoso, bem, quem não quer ficar famoso e cheio da grana?

Abraços.

Alexandre Campos disse...

Bacana o som, melhor do que Ramones!
Abraços

Lilo disse...

O Dé é o melhor!
uhauhauauh
Po, altos som, cara!
Massa mesmo...

Abraço

Carolina disse...

Muito legal a música. ;)
E como disse o Alexandre, melhor que Ramones. Muito diferente também.
Baixão louco!

Beijo!