segunda-feira, fevereiro 02, 2009

Caminho das índias

Em meio a invasão de matérias referentes à Índia que temos visto desde a estreia da novela homônima a este post, descobri este fabuloso artista através de um primo.

Nascido em Mumbai, em 1951, o virtuoso percussionista Trilok Gurtu tem um currículo invejável. Apesar de ter tocado com o infleunte grupo americano Oregon, o músico ficou famoso mesmo por suas colaborações com grandes nomes do jazz.

A lista é extensa: o guitarrista americano Pat Metheny, o tecladista austríaco Joe Zawinul (Weather Report), o saxofonista norueguês Jan Garbarek (Keith Jarrett), o guitarrista inglês John McLaughlin (Mahavishnu Orchestra), e muitos outros.

The Glimpse (1997), seu sétimo trabalho solo, é uma brilhante mistura de ritmos, um som transcendental e único. O disco presta tributo ao trompetista americano Don Cherry, com quem tocou de 1976 a 1978. Cherry, morto em 1995 por causa de uma hepatite, é pai do compositor sueco Eagle-Eye-Cherry.

Um verdadeiro achado. Ouça.

7 comentários:

Ramiro Catelan disse...

Eu ouvi a música que tu mandou antes de viajar!

É um ritmo diferente, bem experimental, agradável... o cara toca bem. Primo de bom gosto esse, hein? #D

Abraço

Carolina disse...

Muito "cult".
Pouco ouvi e já não gostei.

Beijooo!

Lilo disse...

ãããããã
Cada dia descobrindo mais bandas!
Esse é meu primo =)

Sábado é nozes!

Beijo

Frank disse...

Wooow...

Os ritmos são bem diferentes e quentes!
Batuques loucos, Jazz, Sitaras...

Definitivamente muito criativo, gostei apesar de não ser a minha área!

Muito doido, boa Daniel!

Matox disse...

Já li sua dica. Prometo ouvir um dia pra depois comentar com sua pessoa.

Abração.

Fellipe Rabelo disse...

o cara sabe como brincar com a musica. ele usa bem o dom q recebeu.. gostei muito da "balahato" bem emotiva. me deu inspiração!! boa dozeee

Cooringa disse...

Som pro cara viajar!
Coisa Fina!
Abraço