terça-feira, dezembro 30, 2008

Melhores de 2008

Pessoal, 2008 acabou e com ele surgem as incontáveis listas disso e daquilo, respectivas do ano que está terminando. Aqui no Estética Musical você confere os cinco discos mais legais lançados neste período.


Metallica - Death Magnetic

Ouso dizer que Death Magnetic é o melhor disco do Metallica em 20 anos. Desde o lançamento de ...And Justice For All (1988) o grupo não apresenta aos seus fãs um trabalho dessa qualidade. Não importa se as novas músicas têm ecos do passado. É esse o Metallica que todo o mundo quer ouvir. Com Death Magnetic, James Hetfield, Lars Ulrich, Kirk Hammett e Robert Trujillo devolvem à banda o seu devido posto de maior banda do heavy metal em todos os tempos.



Delicatessen - My Baby Just Cares For Me

Confesso que conheci o Delicatessen através da revista Caras. Eles estavam tocando para um bando de famosos e nem dei atenção. Um dia ouvi na rádio e gostei. O quarteto gaúcho de jazz e bossa nova, formado por Ana Krüger (voz), Carlos Badia (violão), Nico Bueno (baixo) e Mano Gomes (bateria), compensa a falta de originalidade das composições com uma execução primorosa. Destaque para a bela voz de Ana. Grande surpresa de 2008.



Opeth - Watershed

Já fiz um post sobre esse disco. Com uma formação renovada, o Opeth lança mais um grande trabalho. Mikael Åkerfeldt, guitarrista, vocalista e líder do grupo, não cansa de produzir, na minha opinião, desde Still Life (1999), álbuns originais e de qualidade indiscutível. Watershed mostra o Opeth em sua melhor forma e coroa, em grande estilo, a carreira brilhante desta banda sueca, iniciada em 1990.



Milton Nascimento & Jobim Trio - Novas Bossas

Milton Nascimento dispensa apresentações. Em entrevista para o site Na Onda da Bossa, o cantor afirmou que este disco era uma idéia do próprio Tom Jobim, que pediu para ele gravar todas as suas músicas. Infelizmente, o projeto não foi adiante e, em 2008, Milton gravou este trabalho com Paulo Jobim , Daniel Jobim e Paulo Braga. Clássicos como Chega de Saudade, Samba do Avião e Inútil Paisagem foram registrados na voz deste monstro sagrado da nossa música. Indispensável.



AC/DC - Black Ice

Eu não poderia ignorar um disco como este. Primeiro lançamento do AC/DC em oito anos, desde o bom Stiff Upper Lip. O quinteto formado pelos irmãos Young nos anos 70, na Austrália, é um caso típico de que o fã sabe o que vai ouvir em um novo trabalho. E isso é ruim? Muito pelo contrário. O sucesso das vendas não é por acaso. Black Ice é um grande disco, o melhor da banda em anos.

E os seus discos preferidos, quais são?

6 comentários:

Xunio disse...

Metallica sem descrições neh, show de bola, apesar de que tenho que escutar mais um pouco pra gostar tanto quanto o St Anger....
Opeth nuuuunca mais escutei, tem que ver se gosto desse novo, nucna se sabe o estilo que vai vir, hehe
abraço!!!!

streeto disse...

boa lista pra fazer download :D

Fellipe Rabelo disse...

Classicos do rock são sempre bem vindos... e parece que a bossa nova está com força total, roberto carlos e caetano e agora miltom nascimento. então, resumindo: só coisa boa!!

Carolina disse...

Preguiça em fazer uma lista, então...
ACDC concordo e muito. Adorei esse albúm (como todos os outros, rsrs), e Delicatessen é bem gostosa, própria pros dias que pedem calma. Já Metallica nem falo nada, mal ouvi. Milton e Opeth ainda vou baixar e escutar...
O Blog depois da arrumação dos marcadores ficou ainda melhor. ;)

Rafael disse...

Metallica voltou a ser Metallica mas está longe de ser o melhor CD de 2008, não achei nenhuma inovação no novo CD deles, apenas voltaram a tocar o que se perdeu no limbo após o Black Album.O título de melhor do ano desses vai pro Opeth, pela versatilidade do album, onde tem músicas mais progressivas com direitos a jazz...

Frank disse...

Em relação ao Black Ice, todos já sabiam como seria o album, à lá AC/DC. Sempre cativante!
O Death Magnetic é que foi revelação, o Metallica dos bons tempos de ...And Justice for All está de volta com força total e solos de guitarra!

Os outros não posso opinar, mas vou fazer download deles!

Abração Daniel!