quinta-feira, março 04, 2010

O som de Canterbury

Canterbury é conhecida por duas coisas: pela histórica Catedral da Cantuária, construída há séculos em estilo gótico, que é patrimônio da Unesco, e pela cena musical criada no final dos anos 60.

Na cidade localizada no sudeste da Inglaterra, que hoje tem mais de 50 mil habitantes, surgiram bandas como Soft Machine, Caravan e Gong², que faziam um som que misturava o rock progressivo com o jazz e a psicodelia.

Mais do que uma vertente do rock, a cena de Canterbury produziu artistas que apareceram e sumiram da mesma forma meteórica, deixando apenas um registro para os fãs do gênero. O caso mais famoso é o do Khan, que durou 18 meses.

Formado em abril de 1971, em Londres, a banda contava com os melhores músicos da região como Nick Greenwood (baixo e vocal), Eric Peachy (bateria), Dave Stewart (teclados) e o mestre Steve Hillage (guitarra e vocal).

O resultado dessa união é Space Shanty, lançado em maio do ano seguinte pela Deram Records. As seis belíssimas e complexas composições do disco deixam uma incrível vontade de ouvir mais, o que infelizmente não é possível.

Outras bandas da cena já citadas acima tiveram mais sorte que o Khan, lançaram vários álbuns e ainda hoje são lembradas como grandes nomes do rock progressivo, mas possivelmente não gravaram um disco tão bacana quanto esse, um dos clássicos perdidos do estilo.

Confira o post no site Progshine.

Ouça Driving to Amsterdam, quarta faixa de Space Shanty.



²Banda de origem francesa.

36 comentários:

Daniel Silva disse...

Tá aí, Frank. Espero que tenhas gostado.

:)

Daniel disse...

bah , não conheçi, mas a mistura de ritmos deve soar bem interessante , gostei.
Tens de postar algo sobre o Scar Symmetry, e creditar eu , kkkkkkkkkkk

abraço

Francorebel disse...

Aplausos!!!

- Bruno (Joey) # disse...

parabens! muito bom

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

TENHO UMA SUGESTÃO REALIZE UM PODCAST PARA SEU BLOG, ELE É DIFERENTE TAMBÉM E MERECE UM TEOR DIFERENTE A SEU PÚBLICO-ALVO!

Lucas . disse...

po achei firmezão o som dos caras! prog totalmente ;D!

Nem conhecia essas bandas ae, vou ver se baixo algo delas...

vlws manjones 8)

Bruno Henrique disse...

Já conhecia e, gosto muito.
=D
parabéns.
Ae, tem como ver se o meu blog sobre música está pro caminho certo?
http://passagemusical.blogspot.com/

abraços
qualquer coisa me adiciona no orkut.
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=5997518186097567933

Euzer Lopes disse...

Pena que não ouvi.
Mas já abri o Lime Wire para baixar alguma coisa deles.

lani disse...

ñ conheço! mas a ideia do blog é massa , é bom quando alguém te mostra algo novo mesmo q vc ñ venha a curtir.

Itamar (japa) disse...

opa, ta aí a dica, é bom conhecer sempre, novidade pra mim, vamos averiguar! abraço!

André disse...

a mistura de ritmos deve ser interessante, apesar de não conhecer ou ser fã do genêro. Mais parabéns por demonstrar o que gosta

galinacio disse...

Tive a vida mudada pela música, boto fé que pode ajudar alguém apresentando algo novo...abraço

ibere disse...

Voce esqeuceu de dizer qeu canterbury ficou eternizada pelo fantasma de canterbury do oscar wilde, pra mim um dos maiores escritores qeu ja viveram nessa terra! adoro o tipo ironico , meio blaze que sempre aparece nas historias dele, acho ate que se trata dele mesmo ( do oscar , não do fantasma).
quanto a progressivo, gosto muito do progressivo do GENESIS que retrata muito da cultura e folclore ingles, com sua sbatalhas medievais, florestas e mulheres se olhando no lago... lindo!
um abraço pelo post, estou ouvindo a musica agora...
Ibere

Eduardo Nunes disse...

Não conhecia. Baita som - pra mim, uma belça descoberta... valeu, abraço

Lilo disse...

De fato a catedral e a história do local são bonitas, mas a música não conhecia...
hehehe

Abraço primooo

Gustavo Lincoln disse...

Opa, mto bom cara! E eu apoio completamente a indicação do amigo aí em cima. FAÇA UM PODCAST!

será mto bom


www.gustavolincolnadm.blogspot.com

Pobre esponja disse...

Vou baixar uns sons. Gostei da descrição e curto rock progressivo.

abç
Pobre Esponja

Ítalo Richard disse...

Bacana o som, você sempre disponibilizando informações e nos proporcionando descobertas interessantes!

Parabéns!

Daniel "Beça" disse...

Sonzaço hein! Vou adicionar no "Consuma sem Moderação" do Ofensivo por Natureza: http://ofensivopornatureza.blogspot.com/

Gê da Boa disse...

Não conhecia essa meteórica banda, mas tá ai algo a se ouvir...

http://bardoge.blogspot.com/

- Mαriαnα đøs αηjøs disse...

Na verdade não conhecia , mas legal a sua iniciativa, é bom conhecer coisas novas !

Adriano Villa disse...

Boa noite, tudo bom? Obrigado por sua visita e votos de mais posts, estou vindo lhe devolver a visita e dizer que curti muito o visual de sua página, parabéns, e como curte um som, da uma olhada numa entrevista que fizeram comigo a pouco tempo: http://www.ailhadometal.com/2010/03/adriano-villa-poeta-e-escritor-que.html
abraços

Wellington disse...

Que bacana a música dessa banda, mais legal ainda é poder comentar ouvindo a faixa de Khan, lembra jazz hehehe!!!

Muito bom seu post!!! Abraços!

http://neowellblog.wordpress.com

Humberto Deveza disse...

Nossa que trabalho legal esse seu de levantamento!
Faz pq gosta mesmo?
Parabéns!

Carolina disse...

eu gosto muito dos altos e baixos que tem no progressivo, dá aquela misturada nas emoções, é muito legal. mas se tem uma coisa que me incomoda, e muito, é o teclado. meldels, pra que economizar uma voz dessa e abusar dos teclados? rsrs
ham.

osopep!

beijo, querido.

Rui disse...

Bela catedral!!

Frank Kair disse...

Nossa! Que maravilha de música, que tranquilidade, que suavidade!

O tecladista é muito bom, ótimos timbres e ambiências. Já o guitarrista tem umas levadas de Jazz que são demais.

Cara, hehe, sempre me empolgo quando tem coisa boa aqui, e nesse caso posso afirmar cegamente (mas não surdamente hehe) que essa música é demais e que preciso deste disco!



WOOOOOOOW!

Abraço Daniel, obrigado pela LUZ!

Daniel disse...

Gótico!
Interessante!
Mas, não conheço nenhuma banda citadade.
Adoro inspiração gótica!

Dan disse...

Interessante!
tbm n conheço nenhuma banda citada!
e n gostei muito da musica!

FabioZen disse...

Definitivamente,o rock progressivo não é comigo.Alguma coisinha do Yes e só.Nada mais.Teu blog é interessante e gosto deste resgate que tu faz.Parabens!

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

A batida inicial me lembrava os jogos de Video game..SNES... Interessante... apesar de me parecer meio depressiva...

Mattheus Rocha disse...

Gostei MUITO do Khan. Vou procurar o disco pra baixar.

Cooringa disse...

É disso que tô falando!
Vou baixar!
Heheh
Abraço 12

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

Uma batida bem atraente e diferente ao gênero que tocam atualmente!

Faço minhas também as palavras dissertadas pelo Cooringa:

É disso que tô falando!
Vou baixar!

degaragem disse...

Para mim, poucas bandas são dignas de um rock progressivo de verdade, entre elas Pink Floyd, Rush e até Led Zeppelin. Não conheci Khan, mas vai que eu passo a gostar tbm.

Anderson Silva disse...

Parabéns o blog esta Otimo