sábado, janeiro 05, 2008

Não ouvi e não gostei

Não sei se ele fez por merecer. Se o fez, problema dele. Mas é uma pena. Depois de ver o seu nome cercado por tanta bizarrice e polêmica nos últimos anos, Michael Jackson volta a receber um duro golpe.

Seu grande sucesso, Thriller (82), o disco mais vendido de todos os tempos (104 milhões de unidades), ganhará uma edição toda especial, para comemorar os 25 anos de lançamento deste marco da história da música.

Até aí, tudo bem. O problema se chama Will.i.am. O "músico" do Black Eyed Peas e novo parceiro musical do astro foi escolhido para remixar cinco hits de Thriller, que contam com participações nada especiais de Akon, Fergie e Kanye West.

Discos clássicos e imortais como esse não podem ser alterados. Além de ser só mais uma forma que as gravadoras, no caso a Sony BMG, arrumam para tirar dinheiro dos fãs, é uma mancha na carreira do artista. Avacalharam com o Rei do Pop.

7 comentários:

Ramiro Catelan disse...

What the fuck?!
Melhor post até agora, DISPARADO! :D
Mas permita fazer uma correção: não avacalharam com o Rei, ele se auto-avacalhou... melhor dizendo: ele [b]é[/b] avacalhado. rs :)
Participações naaada especiais, fala sério!
Só tu pra gostar de Michael Jackson, mesmo nos tempos do "auge". :P

Abraço

byteburguer disse...

Agora o boi foi com as cordas pro banhado.

Em anos 80 não se mexe gente.

Carolina disse...

Hummm...
Agora tenho razões explícitas e justificáveis para não gostar do Rei do POP.. rs

Se é uma questão de dinheiro pras gravadoras, qual é a questão pro Michael jackson? Uma honra trabalhar com tão talentosa... bunda?? Uaaa!

Tenho que concordar que isso será um atentado aos adoradores do clássico(é, admito!) albúm Thriller(?).
Mas que sejam felizes... não serei MAIS UMA fã frustrada!! rsrs


Abracitos!!
Próximo...

Stephan disse...

PÁRA! PÁRA! NÃO! MAIKORU NÃO!

Porra. Porra. Estou infeliz. Virarei um Lobisgato e atacarei a família do infeliz que quer fazer tal sacrilégio com tamanha raridade. Nem a Arca Perdida ou o Ídolo Dourado são tão valiosos quanto Thriller.

O que será da próxima vez? Uma releitura de Ruas de Fogo?

Seiryuu disse...

Fala Doze! Poisé não é que eu tinha um bloger e não sabia? (y)

huahauhauahuha

Tá, não gosto do Michael Jackson, mas que o album thriller é clássico é.

Se a questão das gravadoras é adquirir dinheiro com participações caça-niqueis, a do Michael Jackson deve ser atrair "novos fãs" trazendo a atenção pro relançpamento do albúm através da participação de artistas do momento.

Sem falar que a Sony BMG adora fazer troca-troca-participação-especial-caça-níquel com seus artistas.

É amigo, assim caminha o mundo mu$ical...

Vamos fazer um àlbum eletrônico com musicas do balão mágico?

Jean Cesar disse...

valeu Popico! Parabéns pelos excelentes posts! Continuarei de olho.
Abração do magro

gabii/jakee disse...

Nossa soh falas de Rock??
CredoOoOo


=*